Tom de voz: entenda o poder do posicionamento e identidade da sua marca

16.março

Agência da 4Buzz

Por Felipe Lima – Redator na 4Buzz

Você já pensou em como uma comunicação bem-alinhada ao perfil de seu público e aos valores de sua empresa impacta diretamente nos resultados de seu marketing e dos seus negócios?

Veja estes aspectos, por exemplo:

  • Visão inovadora, à frente do seu tempo
  • Preço justo com máxima qualidade
  • Atendimento personalizado

Quantas empresas você conhece que se definem utilizando esses atributos? Pois é, praticamente todas que você conhece, certo?

Mas, convenhamos, além de saturados, esses posicionamentos já nem trazem diferenciais tão competitivos para seu negócio.

Isso porque eles já são o que um consumidor espera de todo produto ou serviço.

Sendo assim, para se conectar profundamente com o seu público ideal, conquistá-lo e criar um relacionamento duradouro com ele, a sua comunicação precisa sair do “mais do mesmo”.

Ou seja, ter uma personalidade própria e muito bem-alinhada, considerando esse tripé: público-ideal, canais de comunicação e estratégia de marketing.

Nesse contexto, como fica o poder do tom de voz da sua marca?

De pronto, nós já afirmamos: ele é poderoso! E assim, precisa ir muito além da visão e missão da empresa.

Ele deve refletir profundamente os princípios e valores da sua marca no momento de interagir com seu público, sendo parte essencial de sua identidade nos canais de comunicação e de seu marketing digital.

Existe diferença entre voz e tom?

Com certeza. Mesmo atuando em conjunto para uma mesma função, cada um tem sua particularidade, sendo um subordinado ao outro. Veja:

Voz da marca: ligada à missão da empresa, ao seu propósito de existência, à sua essência.

Em suma, podemos defini-la como uma característica marcante da personalidade da sua empresa.

Exemplos:  voz séria, animada, positiva, sincera, engraçada etc.

Tom da marca: dentro da voz, uma mesma marca pode ter vários tons, que são utilizados para os momentos de interação pessoal com o público via canais de comunicação ou comunicados.

Exemplos: informativo, esclarecedor, convidativo etc.

Não desafine na hora de usá-los

E o seu tom de voz também deve acompanhar o amadurecimento de sua empresa.

Ele também deve se reinventar quando for preciso, especialmente em momentos em que precisar se posicionar de forma clara acerca de alguma situação.

Quer um exemplo? O Big Brother Brasil 2021!

Assim como eu e você, seu cliente também está acompanhando boa parte das informações que chegam da casa mais vigiada do país, mesmo que apenas por notícias.

E você já deve ter percebido que o comportamento de alguns lá dentro mobilizou a internet.

O público passou a cobrar das marcas patrocinadoras um posicionamento oficial sobre o que elas achavam e fariam a respeito das situações polêmicas que aconteceram na casa.

Por sua vez, algumas dessas marcas (certas de seus valores e com uma comunicação bem- definida e alinhada ao seu público), romperam relações e cancelaram contratos publicitários com os participantes em questão.

E esse posicionamento acabou se manifestando imediatamente nos principais canais de comunicação!

Portanto, tom de voz vai muito além do modo de falar. Ele traz consigo crenças intrínsecas das empresas, razão pela qual uma pessoa pode desejar fazer parte dela ou detestá-la!

Mais sobre a importância do tom de voz para o marketing digital

Sendo parte fundamental para o branding (fortalecimento da marca), ter um tom claro, ajustado à sua persona, ajuda a se aproximar ainda mais do seu público ideal.

Estando tudo ajustado estrategicamente, sua empresa atrai pessoas alinhadas à filosofia da marca, engajando organicamente e, se muito bem-elaborado, transformando-os em promotores fieis dela.

Assim, tom, voz e marketing orquestrados farão com que sua empresa: eleve a sua autoridade frente a todo o mercado e se torne a mais lembrada para o público!

Ah, falando em autoridade, ela tem tudo a ver com conteúdo

Um dos pilares principais de atração para o funil de vendas e autoridade de sua marca está na produção de materiais que eduquem o público e o faça avançar na jornada de compra.

Como falamos, com um tom bem-ajustado, é preciso criar conteúdo e disponibilizá-lo para construir essa relação duradoura e de confiança. São bons exemplos:

  • Webinars
  • Conteúdo para blog/site
  • Assessoria de imprensa
  • Posts para redes sociais

Lembre-se: criar autoridade é importantíssimo para sua empresa.

Por isso, o quanto antes definir o seu tom de voz e conhecer sua persona, mais assertivo serão os materiais criados e mais clientes irão buscar esse conteúdo como referência.

Precisando de uma mãozinha com seu marketing digital?

Ou até mesmo com o seu tom de voz? Sem problemas, nós temos todas as soluções que você precisa para potencializar os seus canais e o branding da sua marca.

Conheça nossos projetos aqui e entre em contato com a 4Buzz! Assim nosso sucesso será, com certeza, em uníssono!

 

LEIA TAMBÉM: O poder e os resultados da comunicação nos negócios

Posts relacionados:

branding criação performance

12.novembro. por Rafaell Ribeiro

Design Thinking: inovação na hora de criar solução

Desenvolvida na Universidade Stanford, Design Thinking é uma abordagem prática e interativa entre pessoas com diferentes conhecimentos, ou seja, de diversas...

Ver mais
branding criação

15.maio. por Rafaell Ribeiro

Nossos clientes e as criações durante a quarentena

A pandemia do novo coronavírus afastou as pessoas das ruas e as aproximou do mundo virtual. Quando o período de quarentena...

Ver mais
cases de sucesso

30.abril. por Rafaell Ribeiro

5 ideias criativas em tempos de quarentena

A quarentena obrigou as agências de publicidade a esvaziaram suas salas e um novo jeito de trabalhar passou a vigorar entre...

Ver mais
cases de sucesso

17.março. por Viviane Pironeli

Por que os 4Ps do marketing digital agora são 8

Aperte o primeiro like quem nunca procurou um produto queridinho no Google e ao abrir o Facebook se deparou com uma...

Ver mais